Gigantes latino-americanos

São Paulo - Foi divulgado ontem (23) o ranking das marcas mais valiosas da América Latina.

Pelo segundo ano seguido, a cerveja Corona foi a campeã: a marca mexicana vale mais de 8 bilhões de dólares. Em segundo lugar, vem a rival brasileira Skol.

O ranking BrandZ de 2014 foi elaborado pela Millward Brown Vermeer em conjunto com a WPP.

Critérios e métodos

Os critérios para a análise das marcas ao compor o ranking foram: a marca deve ser propriedade de uma empresa de capital aberto; a empresa de capital aberto deve reportar lucos positivos; e a marca deve ser caracterizada como uma marca local latino-americana.

O ranking combina informações financeiras (dados da Bloomberg e da Kantar Worldpanel) com pesquisas de opinião dos consumidores coletadas em 25 mil entrevista ao redor da América Latina.

Confira alguns resultados

- Em 2014, as 50 marcas mais valiosas valem juntas 129,2 bilhões de dólares. Mas é uma queda de 4,5% em relação ao ano passado.

- Três setores cresceram: Cerveja (13%), Alimentos (21%) e Varejo (14%).

- A Argentina confirma estar em grave crise: apenas uma marca argentina aparece entre as 50 primeiras: a empresa YPF. Enquanto isso, marcas do Chile, Peru e Colômbia marcam forte presença no ranking.

Fiasco das brasileiras

As marcas brasileiras amargaram péssimos resultados em 2014 se comparados com 2013, mostrando que a economia no país não está bem.

Os grandes nomes brasileiros que aparecem nas primeiras posições do ranking perderam grande valor de marca.

Entre as que mais perderam: Bradesco perdeu 24%, Claro perdeu 23%, Itaú Unibanco perdeu 16%, Petrobras perdeu 44%, Natura perdeu 40% e Antarctica perdeu 11%.

Na contramão, algumas brasileiras se deram bem: Skol cresceu 8%, Sadia cresceu 24% e Bohemia 8%.

Veja a seguir as 50 marcas mais valiosas:

Tópicos: América Latina, Argentina, Bradesco, Bancos, Empresas, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Brahma, Dados de Brasil, Chile, Claro, 3G, Telecomunicações, Operadoras de celular, Empresas mexicanas, Serviços, Corona, Modelo, Itaú, Marcas, Petrobras, Capitalização da Petrobras, Estatais brasileiras, Petróleo, gás e combustíveis, Empresas estatais, Indústria do petróleo, Rankings, Listas, Skol, TV, Televisão