São Paulo - A Apple lançou um novo comercial que, em apenas 40 segundos, conta a sua história de 40 anos. 

A empresa nasceu em 1º de abril de 1976. Às vésperas do aniversário oficial, a campanha se vale do minimalismo para passar a limpo quatro décadas de erros e acertos.

Várias palavras, datas e números vão passando na tela, cada um fazendo uma referência a produtos, lançamentos e datas marcantes. Pequenas imagens e cores também ajudam a contar a narrativa.

Há, também, momentos descontraídos. Por exemplo, quando aparece a palavra Newton e logo depois ela é rabiscada.

O Newton, um PDA sensível ao toque, lançado em 1993, foi um dos maiores fracassos da empresa. Até hoje o produto é alvo de piadas.

Assista ao vídeo:

Novas campanhas

A marca, junto com os anúncios dos novos produtos no dia 21 (novo iPad, iPhone SE, iOS 9.3 e novas pulseiras para o Apple Watch), lançou outros três novos comerciais.

Liam

O vídeo mais interessante não fala de um lançamento, sim apresenta os "bastidores" da Apple e introduz aos consumidores um personagem até então desconhecido.

ELe é Liam, um robô feito para reciclar iPhones usados.

A máquina consegue separar todas as partes do smartphone e reaproveitar metais como prata e as bateria de lítio. As câmeras também são reaproveitadas.

Novo iPad

O comercial do novo iPad é um daqueles onde a marca opta pelo didatismo e pelo tom futurista.

De maneira sóbria porém incisiva, o tablet é vendido como uma ferramenta inovadora e essencial para diversos profissionais, como designers e arquitetos.

ResearchKit

O novo vídeo do ResearchKit para a versão atual do iOS mostra como ele pode ajudar, ainda mais, médicos, pesquisadores e pacientes.

Novamente, em tom bem didático.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Comerciais, iPad, Tablets, iPhone e iPad, iPhone, Smartphones, Celulares, Lançamentos