São Paulo - A publicidade mobile veio para ficar. Mas será que há mais eficácia entre anunciar em dispositivos Androids ou iOS? Um estudo da empresa Nanigans diz que sim. Feito com mais de 200 bilhões de anúncios no Facebook, ele constatou que os anúncios feitos no iPhone geraram 1,790% mais retorno sobre o investimento do que os anúncios feitos em dispositivos Android. Pior ainda, a publicidade no Android na verdade custa mais do que seu retorno.

A empresa que conduziu o estudo é uma das maiores compradoras de anúncios no Facebook, focado em varejistas. Ele também relata que no último ano, os cliques em anúncios da rede social cresceram 37% e o retorno no investimento foi de 152%. Mas os números ficam mais interessantes quando o foco é nos dispositivos móveis.

Nos três primeiros trimestres de 2013, a RPC (Receita por Clique) no iOS foi em média 6,1 vezes maior que no Android; o ROI (Retorno sobre Investimento) foi 17,9 vezes maior no iOS em relação ao Android. Os números parece chocantes e até polêmicos, e por isso a Nanigans relutou em publicá-los, mas depois de analisar bem percebeu que eles não estavam errados e decidiu colocá-los na internet.

Os anúncios no iOS retornam ao varejista 162% mais dinheiro do que foi investido, enquanto os anúncios em dispositivos Android retornam 10% menos do que o que foi investimento na publicidade. A Nanigans, no entanto, não tenta explicar ou especular o porquê da disparidade dos números entre as duas plataformas.

Uma possível explicação seria o apelo a mercados emergentes e os diversos modelos de baixo-custo rodando Android. Um público com menos poder aquisitivo, que compra aparelhos mais baratos e simples, também clica menos em anúncios e compra menos produtos online.
Para piorar a situação do Android, os custos de anúncios do Facebook em dispositivos Android e iOS são quase os mesmos, com CPM (Custo por mil impressões) de US$ 4,99 no iPhone e US$ 4,87 no Android.

A diferença, no entanto, é maior em campanhas de CPC (Custo por Clique) que pagam por cada clique dado pelo usuário, e não pelas impressões. No iOS, o custo é de US$ 0,40, enquanto no Android é de apenas US$ 0,18. Contudo, com um ROI negativo, nem mesmo a metade do preço no Android parece ser suficiente para valer a pena.

Tópicos: Anúncios, Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Smartphones, Indústria eletroeletrônica