Mídia social não é prioridade para fidelizar, diz pesquisa

Apenas a presença na internet não é suficiente. Possibilitar uma comunicação fácil e eficiente com a empresa é o essencial para 53% dos entrevistados

Rio de Janeiro – A presença em mídias sociais não é prioridade para os consumidores na hora de inspirar compras repetidas e fidelidade à marca.

Uma pesquisa da Pitney Bowes revelou que apenas 18% são motivados pelas ações na internet de pequenas empresas e 25% disseram que o método é eficaz para as maiores marcas. Foram entrevistados seis mil consumidores nos Estados Unidos e na Europa.

Os resultados mostram que o cliente está mais propenso a desenvolver fidelidade com as marcas que gerenciam a comunicação. O principal, para 53%, é fornecer uma maneira fácil e eficiente de entrar em contato com a empresa.

Em segundo lugar, está a entrega em domicílio, com 52%. Em seguida, aparecem empatadas as opções: dar aos consumidores a oportunidade de participar com sua opinião no desenvolvimento de produtos e serviços e disponibilizar controles para a seleção dos canais preferidos e a frequência das comunicações, ambos com 46%.

No âmbito da internet, a medida menos eficaz para os entrevistados são as páginas personalizadas, com 14% para pequenas empresas e 20% para grandes, e comunidades on-line de clientes, com 24% para companhias de pequeno porte e 29% para as maiores.