Listerine faz primeira campanha global com consumidores

Marca entrevistou seis mil pessoas ao redor do mundo para criar nova campanha

São Paulo – A Listerine lançou essa semana a sua primeira campanha global, apostando no bom humor e na interação com consumidores.

A partir de seis mil entrevistas, em países como Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Japão e Tailândia, a ideia era entender mais sobre o comportamento das pessoas.

O estudo final foi batizado de “Estudo do Monstro”. Segundo a marca, os resultados mostram que seus consumidores  são pessoas mais ousadas e irreverentes.

Assim, têm mais chance de assumirem o que querem e de ter comportamentos inusitados, como “ser o primeiro a pular em uma piscina com roupa” ou “fazer um rap freestyle”.

Com o posicionamento “Solta esse monstro”, a marca ainda ligou o conceito à ação do próprio produto diante das bactérias da boca.

O mote global era “Bring out the Bold”. O grupo brasileiro teve de adaptar a expressão. Achou na palavra “monstro” a resposta.

Segundo a marca, é uma gíria atual, usada pela juventude.

Os resultados trazem muito bom humor.

Há frases como “Monstros não se importam em dançar macarena. A qualquer hora. Em qualquer lugar” ou “Monstros correm mais rápido que a média das pessoas (e das chitas mais lentas)”.

No site da campanha, é possível responde a a algumas das perguntas e ver o resultado geral.

A criação foi da J. Walter Thompson.

Assista: