Greenpeace alerta para “carne ao molho madeira”

ONG faz ação nas lojas do Pão de Açúcar para exigir carnes bovinas que não estejam ligadas ao desmatamento, tomada de terras indígenas ou escravidão

São Paulo – O Greenpeace Brasil começou hoje (18) uma ação de guerrilha para alertar para as carnes que provêm de gados criados em área de desmatamento.

Durante a manhã, diversos ativistas estiveram em lojas do Grupo Pão de Açúcar. Eles colaram um selo “Você sabe de onde vem esta carne?” nas bandejas de carnes bovinas pelas gôndolas.

De acordo com a ONG, os três maiores frigoríficos do Brasil firmaram compromisso público de comprar gado somente de áreas legais, evitando aquele gado criado em fazendas que derrubaram a Floresta Amazônica.

Mas, segundo eles, as lojas do Pão de Açúcar vendem carnes de outros fornecedores, além desses três já citados. Assim, até 30% das carnes nas prateleiras viriam de fontes duvidosas e suspeitas.

A campanha foi batizada de “Carne ao molho madeira”.

“Você nem imagina a origem da carne que vai pra sua mesa! Você não é o único: os supermercados muitas vezes também não fazem ideia”, disse a ONG.

Além da questão do desmatamento, o Greenpeace quer evitar que áreas de gado ocupem terras indígenas ou que utilizem trabalho escravo. A estratégia deve acontecer durante mais alguns dias e em outras cidades, não apenas São Paulo.

Ao final, uma mensagem para o consumidor, sobre os supermercados: “Exija dele carne sem desmatamento”.

No site da campanha, há uma petição pública, em carta endereça ao presidente do GPA, Ronaldo Iabrudi.

“Como clientes do Pão de Açúcar, nós não queremos ser cúmplices da devastação da Amazônia, tampouco da violação de direitos humanos. Com o seu tamanho e influência o Grupo Pão de Açúcar tem a responsabilidade de liderar todo o um setor rumo ao Desmatamento Zero”, diz a mensagem.

Você nem imagina a origem da carne que vai pra sua mesa! Você não é o único: os supermercados muitas vezes também não…

Posted by Greenpeace Brasil on Quarta, 18 de novembro de 2015

OFERTA! Promoções válidas até que os clientes exijam carne sem desmatamento. Você sabe de onde vem a carne que está no…

Posted by Greenpeace Brasil on Quarta, 18 de novembro de 2015

Em nota enviada a EXAME.com, Extra e Pão de Açúcar negam que vendam carne proveniente de áreas de desmatamento. O comunicado da empresa diz: “Extra e Pão de Açúcar informam que compram cerca de 70% dos seus produtos de carne bovina de três grandes frigoríficos nacionais, signatários do Compromisso Público de Zero Desmatamento da Greenpeace, desde 2009.”

“Além destes, 10% da compra é de produtores do Estado de São Paulo, ou seja, provenientes de regiões que não estão contempladas na Amazônia. Para os demais fornecedores, é realizado um trabalho de identificação e monitoramento da cadeia bovina, coordenado pela ONG TFT (The Forest Trust), que deriva da política de compras das redes, garantindo condições de produção social e ambientalmente corretas para os produtos expostos nas lojas.”

Texto atualizado às 19:20 com o posicionamento do Pão de Açúcar.