Goleiros vão usar luvas em homenagem a Danilo, diz fornecedora

Atletas que recebem acessórios da mesma fornecedora vão usar uma luva especial, em lembrança a goleiro morto no acidente

São Paulo – A empresa que fornecia luvas para Danilo, da Chapecoense, revelou nesta terça-feira que também preparou uma homenagem para o goleiro, morto no trágico acidente aéreo em Medellín.

Os atletas que recebem o material fornecido pela marca utilizarão uma luva especial, em lembrança ao colega.

“Com certeza o dia 29 de novembro ficará marcado na vida de todas as pessoas que amam o futebol. A solidariedade ultrapassou os limites de terra e também de oceano, onde todos os grandes clubes e jogadores do mundo se comovem com o acontecido e não medem esforços para dar total apoio ao time da Chapecoense e aos envolvidos no trágico acidente”, escreveu a Poker em seu site.

A marca enviará aos goleiros um par de luvas com os dizeres “Danilo Padilha eterno”. Entre os atletas da Série A que receberão o material estão Agenor e Magrão, do Sport, João Ricardo e Fernando Leal, do América-MG, Aranha e João Carlos, da Ponte Preta, Weverton e Santos, do Atlético-PR, Edson Kolln e Tiago Cardoso, do Santa Cruz, Rafael e Elisson, do Cruzeiro, Giovanni, do Atlético-MG, Vladimir, do Santos, Wilson, do Coritiba, Danilo Fernandes e Marcelo Lomba, do Inter, Sidão, do Botafogo, Fernando Prass, Jailson e Vágner, do Palmeiras, Fernando Miguel, do Vitória, e Paulo Victor, do Flamengo.

A Poker fornecia luvas para todos os goleiros da Chapecoense. Por isso, além de Danilo, patrocinava também Follmann, um dos três jogadores que sobreviveram à queda do avião na Colômbia na segunda-feira da semana passada.

Ele teve uma perna amputada, tem quadro estável e já se comunica com os médicos e familiares.