Facebook desliga anúncios na Tailândia após morte do rei

Para respeitar período de luto, Facebook tirou do ar todos os anúncios na Tailândia, em medida inédita

São Paulo – Pela primeira vez, o Facebook desligou os seus anúncios em um país inteiro.

A medida foi tomada na Tailândia, após a morte do rei Bhumibol Adulyadej ontem (13).

Ele, que tinha 88 anos, reinou no país por sete décadas. 

Segundo o Facebook, a medida de tirar os anúncios do ar respeita um costume local durante o período de luto.

“Em respeito ao falecimento do rei Bhumibol Adulyadej da Tailândia, nós estamos temporariamente sem mostrar anúncios no país. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente e agradecemos o apoio da comunidade tailandesa durante esse período de luto”, escreveu a marca em comunicado oficial.  

Anúncios não estão aparecendo no site tailandês, mas anunciantes tailandeses ainda conseguem trabalhar de modo a exibir seus conteúdos em outros países. 

Ainda não se sabe quanto tempo durará esse “blecaute” do Facebook, já que o período de luto real é incerto.

Por enquanto, as bandeiras nacionais ficarão a meio-mastro por trinta dias e servidores públicos deverão usar roupas pretas por um ano. 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.