Designer ajuda marcas a evitar ‘logos de duplo sentido’

Todo mundo já viu um logo sugestivo e hilário, que lembra alguma coisa... sexual. Esse designer promete às marcas evitar mais gafes

São Paulo – “Nós daremos uma olhada nas suas genitálias para que os seus consumidores não tenham que fazer o mesmo”.

Assim o designer americano Josh Mishell apresenta o seu serviço “Genitals or Not”.

A ideia é prestar uma consultoria às marcas para que elas evitem logos “de duplo sentido” e gafes terríveis. 

Esses logos fálicos e sexualmente sugestivos, alvos de infinitas piadas e risadas, estão por toda parte (dê uma olhada nos exemplos abaixo).

Ninguém na empresa percebe o duplo sentido do logo, mas os consumidores são mais espertos.

Segundo o site do serviço, Mishell irá analisar o seu logo ou logotipo por 25 dólares e achar os pontos fracos. 

Segundo o designer, que trabalha em uma empresa que cria logos para a indústria cervejeira, foi um logo de cerveja totalmente inapropriado que o fez ter a ideia da consultoria.

Confira alguns infelizes exemplos:

Logo do China Restaurant (Divulgação)

Logo de um dentista (Divulgação)

Logo de um centro pediátrico (Reprodução)

Detalhe de uma embalagem da Dove (Reprodução)

Logo do Airbnb (Reprodução)

Logo da Anthony Byrne (Divulgação)