Comercial do Tinder na Índia gera debate sobre tradições

Vídeo mostrando que pais indianos aprovam uso do Tinder foi criticado por pessoas que acharam a campanha irreal

São Paulo – Um comercial do app Tinder na Índia está causando intenso debate sobre os costumes e tradições locais.

No vídeo, postado na página do Tinder India no Facebook, uma mulher está se arrumando em frente a um espelho.

A mãe dela vê a cena e pergunta se ela vai sair. A filha esconde o fato de que a saída será um encontro com um homem.

Mas a mãe vê as mensagens no iPhone da filha e aprova o encontro, dizendo que ela não precisa se preocupar.

Ela diz que aprova, dizendo que “da parte dela, passa para a direita” – uma alusão ao fato de passar para a direita no app significar que você gostou da pessoa mostrada. 

O comercial já teve mais de 400 mil visualizações, desde que foi postado no dia 7 de maio. 

Debate

Muitas pessoas, contudo, não aprovaram a campanha.

Para muitos, o vídeo é “irreal” em um país extremamente conservador. Para eles, uma mulher não teria essa liberdade apresentada e provavelmente seria punida por ter usado o app. 

Nos costumes indianos, casamentos são arranjados, meninas casam cedo e pais não se mostram liberais desse modo quando se trata de encontros casuais. 

Outros criticaram não por ser irreal, mas por não ser liberal demais.

Para eles, a campanha ainda mostra uma cultura muito condescendente, onde a mãe “aprova a filha virtuosa” – ou seja, ainda é a maneira dos pais controlarem a vida amorosa dos filhos. 

No fim das contas, a marca estaria dizendo que o Tinder é “um app aprovado pelos pais, então é bom”. 

Algumas críticas compararam o Tinder indiano ao Shaadi.com, um famoso site de relacionamentos onde pais arranjam casamentos para os filhos. 

Resposta

À BBC, Taru Kapoor, diretor do Tinder na Índia, disse que o vídeo mostra a dinâmica que está se transformando na cultura indiana.

“Como em toda geração, a juventude adota os fortes valores indianos ao mesmo tempo em que cria novas normas e rejeita outras que não se encaixam mais na ordem das coisas”, disse. 

A Índia é o maior mercado asiático para o Tinder. São 14 milhões de sim/não por dia.  

Assista: