Campanha sobre câncer debate censura de mamilos femininos

Na campanha, no lugar dos mamilos, bocas cantam para celebrar essa importante parte do corpo e a importância de examiná-los regularmente

A campanha “Todos amam peitos” alerta sobre a necessidade do autoexame periódico abordando a censura dos seios femininos nas redes sociais.

No lugar dos mamilos, bocas cantam para celebrar essa importante parte do corpo e a importância de examiná-los regularmente. A ação é da agência David, feita para a ONG argentina Macma, com produção de Landia.

Não é a primeira vez que a agência confronta a polêmica que rodeia seios, mais precisamente mamilos de mulheres. Inclusive ela já venceu o Grand Prix for Good em Cannes no passado, com a campanha #ManBoobs4Boobs, que mostra uma mulher fazendo toda a apalpação nos peitos de um homem, medida simples, mas que evita qualquer tipo de censura nas redes sociais. David também levou para casa mais dois Leões de Ouro na categoria Health & Wellness.

Este conteúdo foi originalmente publicado no site da AdNews.