Buscas de mães no Google ajudaram a criar novos produtos Nestlé

Nestlé do México usou dados do Google Trends para criar nova linha Gerber de nutrição infantil

São Paulo – As buscas sobre nutrição infantil feitas por mães, pais e outros usuários no Google ajudaram a criar novos produtos Nestlé.

Recentemente, no México, a marca lançou novos alimentos da linha Gerber, de nutrição infantil, a partir de dados do Google, que identificou o que as mães e pais estavam buscando para seus filhos e, assim, suas necessidades e desejos.

O projeto começou em outubro de 2015, quando a marca percebeu que um alto volume de buscas no Google, sobretudo de jovens mães, eram sobre ingredientes, dicas de receitas e preparação. Muitas das buscas estavam relacionadas à alimentação saudável.

No México, ainda há uma tendência de procura crescente por alimentos chamados de “super alimentos” (alto poder nutritivo e sem processamentos e aditivos).

Durante um ano, a Nestlé analisou 500 mil buscas do Google e decidiu mudar completamente seu projeto de expansão da linha Gerber. Dessa vez, as inovações levariam em conta as tendências encontradas no buscador.

A marca percebeu, por exemplo, muitas buscas sobre mirtilos, quinoa e chia, além de buscas de métodos de preparação desses alimentos. Outra tendência encontrada foi a busca crescente por alimentações vegetarianas.

Outros estudos foram levados em conta, como dados que mostram que a procura por produtos orgânicos crescerá 73% nos próximos cinco anos na região.

Combinando os estudos da Gerber sobre nutrição infantil e necessidades dos bebês com as buscas das mães, se chegou aos novos produtos da marca em 2016.

A parceria entre Nestlé e Google, para a análise da imensa base de dados das buscas, contou com dados do Google Trends.

Entre os lançamentos, estão sucos e papinhas orgânicos, com sabores como pera e framboesa; maçã, banana, morango e framboesa; e pera, banana e mirtilo. Ao todo, foram cinco novos sabores.

O investimento no projeto foi de quatro milhões de dólares.

O projeto Gerber/Nestlé, em parceria com o Google, é um bom exemplo de Marketing Cognitivo, onde uma oferta ou desenvolvimento de um produto ou serviço se baseia no que foi aprendido do comportamento do consumidor via big data.

A Nestlé México pretende manter esses processo nos próximos anos, usando as buscas na internet para melhorar e lançar produtos.

Confira, a seguir, os gráficos que mostram as tendências de buscas no Google e também os lançamentos da Gerber no México:

Gráfico do Google Trends: tendências de buscas por palavras como chia, quinoa e glutén

Gráfico do Google Trends: tendências de buscas por palavras como chia, quinoa e glutén (Google/Nestlé/Divulgação)

Gráfico do Google Trends: tendências de buscas por alimentos orgânicos no México

Gráfico do Google Trends: tendências de buscas por alimentos orgânicos no México (Google/Nestlé/Divulgação)

Os lançamentos da linha Gerber:

Lançamento da Nestlé: linha Gerber de produtos orgânicos no México

Lançamento da Nestlé: linha Gerber de produtos orgânicos no México (Nestlé/Divulgação)

Lançamento da Nestlé: linha Gerber de produtos orgânicos no México

Lançamento da Nestlé: linha Gerber de produtos orgânicos no México (Nestlé/Divulgação)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. arthur bezerra

    Merece o troféu “picareta do ano”, pois reduz o peso dos seus produtos mas mantém o mesmo tamanho da embalagem.