Benetton retira fotomontagem do Papa beijando um imã no Cairo

Empresa se disse 'desolada' com a repercussão das imagens

Roma – O grupo italiano Benetton anunciou nesta quarta-feira a decisão de retirar de circulação uma campanha publicitária mostrando o Papa beijando na boca um imã no Cairo, dizendo-se “desolado com o fato de a utilização da imagem ter chocado tanto a sensibilidade dos fiéis”.

“Lembramos que o sentido desta campanha é exclusivamente combater a cultura do ódio sob todas as formas”, comentou, em comunicado, um porta-voz do grupo sobre as fotomontagens que mostram, também, beijos calorosos entre Nicolas Sarkozy e Angela Merkel e entre Mahmud Abbas e Benjamin Netanyahu.

Reclamação

A nova campanha da Benetton, apresenta uma fotomontagem mostrando Bento XVI beijando na boca o imã de Al-Azhar, no Cairo, representa “uma falta de respeito grave ao Papa”, considerou o Vaticano nesta quarta-feira.

Em comunicado, o porta-voz, padre Federico Lombardi, anunciou “diligências ante as autoridades para garantir (…) o respeito à figura do Pontífice”.