As 10 marcas bancárias mais valiosas do mundo

Bradesco aparece na 6ª posição, com nome avaliado em US$ 18,7 bilhões, superando instituições de presença global como Barclays e Citibank

São Paulo – O estudo BrandFinance Global Banking 500 – 2011, feito pela consultoria Brand Finance em parceria com a revista inglesa The Banker, listou as 500 maiores instituições financeiras do mundo.

O Bradesco, terceiro maior banco brasileiro, aparece no ranking como a sexta marca mais valiosa, superando instituições de alcance global como o britânico Barclays, o chinês ICBC, o americano Citibank e o chinês China Construction Bank.

Para calcular o valor financeiro das marcas, a consultoria analisou desde o investimento feito em publicidade até o valor de mercado do banco. Ambos os dados são decisivos, já que a força de uma marca se reflete diretamente na valorização de suas ações no mercado.

Com marca avaliada em US$ 259 milhões, o PanAmericano figura na 363ª posição. Outras marcas brasileiras que aparecem são Itaú (11ª  – US$ 16,7 bilhões), Banco do Brasil (22ª  – US$ 9,5 bilhões), Nossa Caixa (174ª  – US$ 789 milhões), Banrisul (319ª  – US$ 319 milhões), Banco do Nordeste (323ª – US$ 310 milhões), Redecard (462ª  – US$ 186 milhões) e BicBanco (465ª  – US$ 184 milhões).

As três marcas brasileiras de maior valor, Bradesco, Itaú e Banco do Brasil, representam mais de 95% da soma total das marcas de bancos do país. O Bradesco, sozinho, possui 39% desse total.

Veja ao lado o ranking das 10 marcas mais valiosas.

Leia mais notícias sobre marcas

Siga as notícias de marketing de EXAME.com no Twitter