Os apps de transporte mais usados pelos brasileiros

Pesquisa do Ibope Conecta mostra preferência dos brasileiros por apps de carona, GPS e transporte público

São Paulo – Uma pesquisa inédita do Ibope Inteligência revelou quais são os apps de transporte de passageiros mais usados pelos brasileiros.

Feita através da plataforma web Conecta do Ibope com duas mil pessoas, a pesquisa descobriu que o Uber é o app preferido dos consumidores, com 54% de preferência.

Mas o segundo segmento mais relevante é o dos brasileiros que não têm ou não utilizam nenhum app do tipo: 43%.

Os dados foram divulgados em primeira mão para EXAME.com.

O Uber é usado, sobretudo, por homens jovens entre 25 e 34 anos, moradores do Nordeste e das classes A e B.

Já a maioria dos usuários do 99Taxis estão no Sudeste e pertencem à classe A.

Confira os apps mais usados:

Gráfico do Ibope Conecta: pesquisa mostra apps de carona mais usados no Brasil

Gráfico do Ibope Conecta: pesquisa mostra apps de carona mais usados no Brasil (Ibope/Divulgação)

Mapas e GPS

A pesquisa, feita em junho, também perguntou aos usuários quais apps de mapas e geolocalização eles mais utilizavam.

O Google Maps ficou em primeiro lugar, disparado, com 85% da preferência. O Waze vem em segundo lugar, com 25% da preferência.

O Waze é usado, principalmente, por pessoas com mais de 55 anos, da classe A e moradores do Sudeste.

Diferente dos apps de caronas, são poucos os que não usam nenhum app do tipo GPS: apenas 9%.

Pesquisa do Ibope Conecta: apps de mapas mais usados pelos brasileiros

Pesquisa do Ibope Conecta: apps de mapas mais usados pelos brasileiros (Ibope/Divulgação)

Transporte público

Já os apps conectados ao transporte público da cidade, que mostram, por exemplo, horários e itinerários de ônibus, ainda são pouco usados: 76% não têm um app do tipo.

O Moovit é o app do segmento mais popular entre os brasileiros, com 9%.

Confira:

Pesquisa do Ibope: preferência dos apps de transporte público entre os brasileiros

Pesquisa do Ibope: preferência dos apps de transporte público entre os brasileiros (Ibope/Divulgação)