Anúncio com Dakota Fanning é proibido

Peça de perfume da Marc Jacobs foi vetada no Reino Unido por poder levar à "sexualização prematura" de uma criança

São Paulo – Um anúncio do perfume “Oh Lola!”, de Marc Jacobs, foi banido pelo órgão regulador da publicidade no Reino Unido, a ASA (Advertising Standards Authority). O motivo alegado pelas autoridades foi que a imagem de Dakota Fanning, de 17 anos, poderia levar à “sexualização prematura” de uma criança.

A peça mostra a atriz com um vestido curto e um frasco de perfume entre as pernas. Segundo a ASA, quatro reclamações sobre o anúncio motivaram a intervenção. “Consideramos que o comprimento do vestido, as pernas e a posição do frasco direcionam a atenção para sua sexualidade”, informou a agência, que ainda considerou que Fanning aparenta ter menos de 16 anos na foto.

A Coty UK, dona da fragrância de Marc Jacobs, afirmou que não recebeu nenhuma reclamação e que não concorda com a imagem sexual do anúncio, que seria “provocativo”, mas não “indecente”. Outro argumento utilizado pelo grupo foi que a veiculação da peça foi em revistas com público-alvo de idade superior a 25 anos, como a Sunday Times Style e a ES Magazine.

Outras proibições

A ASA também impediu a continuação da veiculação da campanha da Drop Dead, que usa uma modelo “esquelética” para divulgar seus biquínis, e da estratégia de comunicação da Motorola que divulga um aparelho celular “inquebrável”, após consumidores denunciarem que o aparelho quebra com facilidade.