Size 260 16 9 maria luisa filgueiras

Maria Luíza Filgueiras

Maria Luíza Filgueiras é repórter da revista EXAME

  1. Após recessão, empresas se preparam para entrar na Bolsa

    Após recessão, empresas se preparam para entrar na Bolsa

    Cerca de 20 empresas já procuraram bancos para lançar suas ações. Um sinal de que, após a Grande Recessão, as coisas — lentamente — começam a voltar ao normal.

  2. Conta da "locomotiva forrozeira" da CSN já passa de R$ 11 bi

    Conta da "locomotiva forrozeira" da CSN já passa de R$ 11 bi

    A conta da Ferrovia Transnordestina já passa dos 11 bilhões de reais — mas a única utilidade dos trilhos por ora é servir para a passagem do “trem do forró"

  3. Fraude em seguros pode ter desviado R$ 1,8 bilhão por ano

    Fraude em seguros pode ter desviado R$ 1,8 bilhão por ano

    Um inquérito da Polícia Federal enumera problemas na operação do seguro de acidentes de trânsito. O principal deles é um possível desvio de 1,8 bilhão de reais por ano

  4. O setor elétrico brasileiro caiu no colo dos chineses

    O setor elétrico brasileiro caiu no colo dos chineses

    A bagunça causada pelo governo Dilma e a crise da Lava-Jato estão entregando, de mão beijada, o setor elétrico brasileiro para um grupo de estatais chinesas

  5. Por que esta empresa incomoda tanto os grandes bancos?

    Por que esta empresa incomoda tanto os grandes bancos?

    Fundada há 15 anos numa salinha em Porto Alegre, a empresa de investimentos XP já vale R$ 3 bilhões. Sua estratégia: provar que bancos não prestam

  6. Número de fusões e aquisições desfeitas é o maior em 5 anos

    Número de fusões e aquisições desfeitas é o maior em 5 anos

    As fusões e aquisições desfeitas no Brasil dispararam. As brigas envolvem até alegações de fraude

  7. Usiminas vive clima de guerra do fim do mundo

    Usiminas vive clima de guerra do fim do mundo

    A entrada de Benjamin Steinbruch na já agitada briga entre os sócios da Usiminas torna o futuro da siderúrgica mineira impossível de prever.

  8. Como a Telefônica mudou para que tudo ficasse como está

    Como a Telefônica mudou para que tudo ficasse como está

    A telefônica é a maior empresa de Telecomunicações do país e continua tirando espaço da concorrência. Para se manter à frente, passa por uma transformação

  9. Como uma renomada gestora de fundos virou caso de polícia

    Como uma renomada gestora de fundos virou caso de polícia

    A gestora paulista Silverado, uma das mais renomadas em fundos de crédito, é suspeita de fraudar investidores — que pedem 400 milhões de reais de volta

  10. Privatização é alternativa para salvar a economia?

    Privatização é alternativa para salvar a economia?

    Um programa agressivo de privatização poderia movimentar 300 bilhões de reais no mercado. Concessões, mais de 100 bilhões. Por que não?

  11. Paralisada, Odebrecht perde o bonde da Lava-Jato

    Paralisada, Odebrecht perde o bonde da Lava-Jato

    Um ano de paralisia fez a Odebrecht, maior empreiteira do Brasil, ser a última em tudo: não fez delação, não assinou leniência, não resolveu sua dívida...

  12. Após anos de crescimento, fórmula da Hering se esgotou

    Após anos de crescimento, fórmula da Hering se esgotou

    Nenhuma rede de varejo de roupas aproveitou com tanta intensidade o boom do consumo da classe média como a Hering. Mas, agora, ela tem de voltar aos trilhos.

  13. Presidente da Vivo quer a operadora com coração de startup

    Presidente da Vivo quer a operadora com coração de startup

    O israelense Amos Genish ganhou fama ao fundar a GVT e vendê-la por R$ 22 bilhões. Agora ele tenta implantar na maior operadora do país um coração de startup

  14. Abengoa passou de pilar a pária do setor elétrico brasileiro

    Abengoa passou de pilar a pária do setor elétrico brasileiro

    A espanhola Abengoa assumiu um volume recorde de projetos no Brasil. Mas deu calote, entrou em guerra com credores e sua crise está muito longe de terminar.

  15. Entra ruim, sai pior: veja a recuperação judicial na prática

    Entra ruim, sai pior: veja a recuperação judicial na prática

    A promessa é de racionalidade. Na teoria, é ótimo. Mas um olhar mais aprofundado sobre a “recuperação judicial como ela é” mostra uma realidade bem distinta.

  16. A Gol quer investimento – mas falta combinar com os gringos

    A Gol quer investimento – mas falta combinar com os gringos

    A Gol pode se beneficiar de uma mudança na regulação para capital estrangeiro no setor. Mas a americana Delta, tida como principal interessada, vai querer?

  17. A luxuosa Daslu virou um ímã de confusão

    A luxuosa Daslu virou um ímã de confusão

    A rocambolesca venda da varejista de luxo Daslu, suspensa por uma liminar, coloca em confronto dois polêmicos empresários: Creso Suerdieck e Marcus Elias

  18. Ainda dá para salvar a Usiminas?

    Ainda dá para salvar a Usiminas?

    Um mercado em crise, uma gestão criticada, sócios que não se entendem — como a siderúrgica Usiminas mergulhou na mais profunda crise de sua história

  19. Agora a ficha caiu para a Queiroz Galvão

    Agora a ficha caiu para a Queiroz Galvão

    O grupo Queiroz Galvão demorou para sentir os efeitos da Operação Lava-Jato e da recessão na economia. Mas agora o baque veio

  20. Lojas de eletrodomésticos sofrem o maior tombo da década

    Lojas de eletrodomésticos sofrem o maior tombo da década

    Confiança em queda, clientes sem dinheiro, aperto nos bancos — as maiores varejistas de eletrodomésticos do país vivem o pior momento em pelo menos dez anos

  21. Para a Rumo, a ALL é trem chamado problema

    Para a Rumo, a ALL é trem chamado problema

    Ao comprar a operadora de ferrovias ALL, a empresa de logística Rumo encontrou trilhos carcomidos, locomotivas velhas e clientes insatisfeitos

  22. Você acha que o dólar está caro? Deve subir mais

    Você acha que o dólar está caro? Deve subir mais

    O Banco Central prevê que o dólar vai terminar o ano em 4,7 reais. Até lá, a cotação pode ter picos de mais de 5 reais

  23. Como o dono da Even perdeu o posto de presidente da empresa

    Como o dono da Even perdeu o posto de presidente da empresa

    Após quase 13 anos, Carlos Terepins foi demitido do posto de presidente da incorporadora Even, uma das maiores do país. Detalhe: ele era o dono da empresa

  24. Será o fim do mito André Esteves?

    Será o fim do mito André Esteves?

    A prisão de André Esteves interrompeu a mais impressionante carreira do mercado financeiro brasileiro e colocou o banco BTG Pactual na berlinda

  25. Para os compradores da Alpargatas o ritmo não diminuiu

    Para os compradores da Alpargatas o ritmo não diminuiu

    Os irmãos Batista, donos da gigante JBS, aproveitam o dólar em alta para fazer sua aquisição mais inusitada. Mas voltam a ser assombrados pelo fantasma do BNDES