Velório de José Rico reúne mais de 25 mil em Americana

O velório do cantor teve fila de madrugada

Campinas – O velório do cantor José Rico, que morreu de enfarte na tarde de terça-feira, 3, reuniu cerca de 25 mil pessoas, na Câmara Municipal de Americana (SP), segundo a PM.

Os músicos Leonardo, César Menotti, Dalvan e seu parceiro de dupla, Milionário, também foram ao local prestar as últimas homenagens.

A cerimônia no plenário Dr. Antônio Álvares Lobo começou às 19h, restrita apenas a familiares e amigos mais próximos, e foi aberta ao público a partir das 21h.

Por volta das 9h desta quarta, 4, quando o velório foi encerrado, mais de 500 pessoas estavam na fila em frente à Câmara Municipal para se despedir do cantor sertanejo autor de clássicos da música, como Estrada da Vida.

O corpo de José Rico seguirá em cortejo em um caminhão do Corpo de Bombeiros pelas principais ruas da cidade e segue para ser sepultado no Cemitério da Saudade, também em Americana.

Homenageado

A Prefeitura de Nova Odessa, onde o cantor residiu e tem familiares, decretou luto oficial de três dias. José Rico e Milionário receberam o título de cidadão novaodessense em 1980 e americanense em 2009.

“Nossa região perde um de seus grandes nomes do meio artístico”, afirmou o prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, em nota. “Morre um homem que jogou bola nos campos de Nova Odessa e com quem me lembro de ter jogado em Americana.”

Enfarte

José Rico faleceu na terça-feira, 3, às 14h18 decorrente de uma parada cardíaca por consequência de enfarte do miocárdio, aos 68 anos, segundo a assessoria do cantor.

Horas antes, ele havia sido internado em um hospital da cidade por complicações no coração, nos rins e no joelho.

Nascido em São José do Belmonte (PE), em 29 de junho de 1946, José Rico era casado com Berenice Martins Alves dos Santos e deixa dois filhos.

Junto com Romeu Januário de Matos, o Milionário, ele formou na década de 70 a dupla Milionário e José Rico, responsável por 29 álbuns e cerca de 35 milhões de discos vendidos.