Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Suíço percorrerá a nado 1.230 quilômetros do Rio Reno

A aventura começou no lago Toma, ainda parcialmente congelado, em uma altitude de 2.330 metros

Genebra – O suíço Ernst Bromeis começou nesta quarta-feira um desafio de tirar o fôlego: percorrer nadando os mais de 1.230 km de comprimento do Rio Reno, desde sua nascente nos Alpes, até o local onde desemboca, no Mar do Norte, na Holanda.

A aventura começou no lago Toma, ainda parcialmente congelado, em uma altitude de 2.330 metros. Bromeis mergulhou simbolicamente, em um traje de neoprene, nas águas que constituem a fonte do Reno.

Segundo a agência de notícias ATS, após o banho, o nadador de 44 anos vai começar realmente a aventura aquática nesta quinta-feira, na localidade suíça de Disentis.

Está previsto que o trajeto seja feito em um mês, período em que Bromeis tentará seguir o espírito original deste rio, cujo nome, de origem celta, significa fluir. No entanto, é previsto que em alguns pontos, o nadador tenha que ser percorridos a pé, na beira do rio.

O desafio faz parte de uma campanha do departamento suíço de Turismo, para promover os atrativos hídricos do país. Além disso, há a intenção por parte dos organizadores de conscientizar sobre a fragilidade e o valor da água.

Bromeis participou de várias iniciativas semelhantes anteriormente, nadando em todos os lagos da Suíça. Entretanto, esse é considerado seu maior desafio.