Spike Lee boicota Oscar por falta de atores negros na lista

O diretor recebeu um prêmio honorário em novembro do ano passado por sua carreira

São Paulo – Spike Lee declarou nesta segunda-feira, 18, que não irá participar do Oscar em fevereiro deste ano por causa da falta de diversidade entre os indicados. O diretor recebeu um prêmio honorário em novembro do ano passado por sua carreira.

Na semana passada, após a Academia revelar os 20 candidatos nas categorias de atuação, sendo nenhum deles negro pelo segundo ano seguido, a hashtag #OscarAindaMuitoBranco foi destaque nas redes sociais.

“Nós não podemos apoiar isso e eu não quero desrespeitar os meus amigos, o apresentador Chris Rock, o produtor Reggie Hudlin, a presidente [Cheryl Boone] Isaacs e a Academia. Como é possível pelo segundo ano consecutivo todos os 20 candidatos na categoria de ator serem brancos? E não vamos nem entrar em outros ramos. Quarenta atores brancos em dois anos e nenhuma personalidade”, disse o diretor em seu Instagram. Na postagem, ele também lembrou Martin Luther King Jr.

A esposa de Will Smith, a atriz Jada Pinkett Smith, também já declarou em suas redes sociais que não irá a cerimônia do Oscar e que repudia a falta de diversidade entre indicados.