Sindicato dos roteiristas dos EUA divulga a lista dos indicados

Os vencedores serão conhecidos no dia 19 de fevereiro, numa cerimônia simultânea em Los Angeles e Nova York

São Paulo – O sindicato dos roteiristas dos Estados Unidos, que premia desde 1949, divulgou nesta quarta-feira, 4, os indicados de melhor roteiro original, adaptado e de documentário de cinema.

Os vencedores serão conhecidos no dia 19 de fevereiro, numa cerimônia simultânea em Los Angeles e Nova York.

Entre os indicados para melhor roteiro original, estão três fortes concorrentes: “La La Land: Cantando Canções”, de Damien Chazelle, “Moonlight”, de Berry Jenkins e “Manchester à Beira-Mar”, de Kenneth Lonergan, que ganhou dois importantes prêmios na categoria: o National Board of Review e do Círculo de Críticos de Nova York.

Entre os roteiros adaptados houve uma surpresa, a nomeação de “Deadpool”, de Rhett Reese e Paul Wernick, baseado no quadrinho X-Men, que concorre com “A Chegada”, de Eric Heisserer, baseado em um conto do livro “Histórias de Sua Vida e Outros Contos”, de Ted Chiang e “Animais Noturnos”, de Tom Ford, baseado no romance “Tony e Susan”, de Austin Wright.

Os indicados

Roteiro original:

Hell High Water, de Taylor Sheridan

La La Land: Cantando Estações, de Damien Chazelle

Loving, de Jeff Nichols

Manchester à Beira-Mar, de Kenneth Lonergan

Moonlight, de Barry Jenkins, com história de Tarell McCaney

Roteiro adaptado:

A Chegada, de Eric Heisserer, baseado no livro Histórias de Sua Vida e Outros Contos, de Ted Chiang

Deadpool, de Rhett Reesse e Paul Wernick, baseado no quadrinho X-Men

Cercas, de August Wilson, baseado na peça de sua autoria

Estrelas Além do Tempo, de Allison Schroeder e Theodore Melfi, baseado no livro de Margot Lee Shetterly

Animais Noturnos, de Tom Ford, baseado no romance Tony e Susan, de Austin Wright