Seriado “Arquivo X” volta à televisão após 13 anos

A amada série norte-americana teve seu esperado regresso nesta semana durante evento em Cannes, com a exibição do primeiro episódio da nova minissérie

Para os fãs da série “Arquivo X”, uma boa notícia: os agentes Mulder e Scully voltaram a investigar casos, após 13 anos longe da TV.

A amada série norte-americana teve seu esperado regresso nesta semana durante o evento MIPCOM TV em Cannes, com a exibição do primeiro episódio da nova minissérie, dividida em seis episódios.

O criador de “Arquivo X”, Chris Carter, presenciou a exibição e afirmou que o conceito da série foi expandido para além de investigação de casos sobre extraterrestres e atividades paranormais para incluir também temas comuns nos EUA, como vídeos de monitoramento, cidades sendo espiadas e governos vaidosos.

As estrelas da série, David Duchovny e Gillian Anderson, voltam a viver, respectivamente, Fox Mulder, agente do FBI determinado que investiga o inexplicável e Dana Scully, sua racional parceira.

Eles apareceram pela última vez juntos no filme de 2008, “Arquivo-X: Eu Quero Acreditar”, que recebeu críticas medianas.

Em sua nova aventura, os parceiros devem encontrar presos em uma perigosa conspiração organizada por um rico indivíduo que pode, ou não, estar tentando dominar tecnologia alienígena.

A minissérie “Arquivo-X” vai ao ar nos Estados Unidos no dia 26 de janeiro do ano que vem, na rede Fox, antes de ser exibida em outros países. Se for novamente um sucesso de audiência, novos episódios vão ser produzidos.

As nove temporadas originais da série, que foi ao ar entre 1993 e 2002, foram um sucesso mundial de audiência e crítica, e conquistaram vários prêmios Emmy e Globo de Ouro.