Schwarzenegger e Jet Li formam casal gay em Mercenários 3

Em cena do filme, Trench Mauser e Yin Yang, personagens de Arnold Schwarzenegger e Jet Li, são vistos abraçados um ao outro de forma “aconchegante”

São Paulo – Apesar da estreia não muito animada nos EUA, o novo “Mercenários 3” conseguiu deixar alguns fãs surpresos graças a uma cena quase no final.

Nela, Trench Mauser e Yin Yang, personagens de Arnold Schwarzenegger e Jet Li, são vistos abraçados um ao outro de forma “aconchegante”, até que Barney Ross (Sylvester Stallone) diz para ambos arrumarem um quarto.

Estariam os dois, então, formando um casal? Pois a resposta é sim.

Quem confirmou a informação foi o próprio diretor do longa-metragem, Patrick Hughes, em entrevista ao site Grantland.

Ao ser perguntado se os dois mercenários são gays e terminam juntos, como um casal, no final do filme, a resposta foi, precisamente, “Acredito que sim” – “como se ele tivesse notado algo surpreendente”, segundo a reportagem.

O fato surpreende porque “Mercenários” é considerado um daqueles filmes típicos de “machões”, cheios de explosões, tiros, sangue e ícones do cinema de ação.

Além dos três atores mencionados, Chuck Norris, Terry Crews, Bruce Willis e tantos outros já foram protagonistas.

Mas a surpresa também não se deve apenas ao estereótipo. Quando ocupava o cargo de governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger apoiou a Proposition 8 (ou Prop. 8), que tornava ilegal o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A legislação acabou derrubada, mas mesmo antes disso o ator-político demonstrava ter um posicionamento brando em relação ao assunto.

Como lembra o jornal Guardian, Schwarzenegger afirmava que, apesar de achar que casamentos devem ser entre homem e mulher, o velho Exterminador disse que não se oporia “aos direitos legais de qualquer pessoa de se casar”.