Quais são os melhores cabides para cada tipo de roupa?

A personal organizer Carol Rosa indica quais os cabides que aumentam a vida útil das roupas

Quem nunca comprou cabides em kits que atire a primeira pedra! Isso é uma coisa tão básics que parece não ser necessário se preocupar com o tipo de peça usada no armário. Mas isso não é verdade.

A personal organizer Carol Rosa afirma que quando o cabide não é ideal para a roupa, ela acaba estragando.

O material e a largura dos modelos influenciam na durabilidade e na organização das roupas, por isso ela nos indicou quais são os melhores cabides para cada tipo de roupa. Confira!

Blusa fina

Seda, cetim e tecidos fininhos costumar escorregar, por isso, é ideal pendura-las em cabides flocados, já que eles não ocupam muito espaço e são bem práticos.

Camiseta polo

É comum dobrar e guardar nas gavetas as camisetas do tipo polo, mas o melhor seria penduras em cabides para que a gola não perca o seu formato original.

Calça feminina

Como as calças femininas costuma ser menores, aqui você pode até mesmo usar cabides infantis. O importante é usar aqueles que são de acrílico, já que são mais resistentes e não vão estragar com tanta facilidade.

Shorts e saias

Pendurar shorts e saias não é muito comum, mas pode ser uma ótima opção para quem tem espaço. Usar cabides com pinças é o ideal e, para evitar marcas nas peças, você pode colocar um pedaço de feltro entre a roupa e a pinça.

Roupa social

Cabides de madeira são os melhores para roupa social. Por serem mais grossos, eles possuem uma durabilidade maior e acomodam melhor as roupas. Mas é importante que o tamanho do cabide encaixe perfeitamente na roupa, acabando no fim do ombro, para evitar que as camisas laceiem ou fiquem marcadas.

Cintos e gravatas

O mais comum é dobrar os cintos e gravatas ou enrola-los para guardar nas gavetas, mas na verdade, quanto mais esticados os dois estiverem, maior será a vida útil de ambos, por isso seria bacana pendura-los em cabides.

Vestidos longos

Por causa do tamanho, é normal que os vestidos longos sejam pendurados, mas isso pode não ser muito bom. O tamanho e o peso da peça podem puxar o vestido para baixo e estica-lo ou alarga-lo. O ideal seria dobrar a roupa ao meio ou usar dois cabides para pendura-la, usando um para colocar a alça e outra para a metade restante, formando uma espécie de onda.

Peças de tricô

Aqui está o único ‘não’ da lista: pendurar peças de tricô faz com que elas percam o formato original, estragando a roupa. Por isso, não pendure!

Este conteúdo foi originalmente publicado no site da Casa.com.br