Pular o café da manhã é prejudicial ao coração, diz pesquisa

Homens que pulam com regularidade essa primeira refeição do dia têm 27% mais chance de desenvolver doenças coronarianas

São Paulo – Um novo estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, apresenta evidências de que o café da manhã é realmente benéfico à saúde. Homens que pulam com regularidade essa primeira refeição do dia, hábito encontrado em 20% da população, têm 27% mais chance de desenvolver doenças coronarianas. Publicado no jornal Circulation, da Associação Americana do Coração, a pesquisa acompanhou, ao longo de 16 anos, voluntários do sexo masculino, com idades entre 45 e 82 anos.

Acredita-se que a relação entre o hábito e a doença tenha a ver com o fato de que pessoas que não comem pela manhã acabam por ter mais fome durante o dia, ingerindo mais comida à noite, o que levaria a alterações metabólicas, entre elas a obesidade e desenvolvimento de diabetes, predispondo às doenças do coração. Mesmo em voluntários que mantinham bons hábitos de vida, como dieta equilibrada, pratica de atividade física regular e não eram tabagistas, a associação entre pular o desjejum e a maior ocorrência dos males cardíacos persistiu.

“O estudo é interessante, pois nos mostra como é importante começar o dia com uma refeição equilibrada e completa. Sabemos que o pular o desjejum está associado a fatores de risco para as doenças cardiovasculares, como obesidade, hipertensão, colesterol elevado e diabetes. O ideal é educar as crianças desde cedo para que o hábito seja absorvido precocemente. Nós, médicos, devemos aconselhar nossos pacientes a se alimentarem regularmente e especificamente comerem pela manhã”, opina o cardiologista Leopoldo Piegas, do Hospital do Coração. Ao dormimos o organismo gasta energia para manter funções bás icas, como controle cardíaco, respiração, equilíbrio de temperatura, e esse complexo mecanismo consome calorias, por isso é importante se reabastecer na primeira refeição do dia.

Mas como é o desjejum saudável? O pingado (café com leite) e o pão com manteiga, ou margarina preferencialmente, se consumido, moderadamente é uma ótima opção, segundo o médico do HCor. “Só troque o açúcar pelo adoçante e substitua o pão comum pelo integral, que contém mais fibras e dá maior saciedade”, recomenda Piegas. Afinal a refeição matinal deve representar 25% das calorias que consumirá ao longo do dia.

O ideal é que esta refeição inclua laticínios (leite e derivados), cereais ricos em fibras, pães integrais, frutas ou sucos naturais. O café da manhã é também um momento oportuno para ingestão de leite e seus derivados, fontes de cálcio (essencial para a prevenção da osteoporose) e vitamina D.

O especialista do HCor, porém, faz uma ressalva, proteger o coração requer uma mudança maior no estilo de vida, não basta investir apenas na alimentação equilibrada. Atividades físicas, momentos longe do estresse, uma boa qualidade de sono, entre outros hábitos, também são ótimos remédios naturais.