O legado de Coco Chanel para a moda

A estilista que revolucionou o mundo da moda completaria 128 anos nesta sexta-feira

São Paulo – Apesar de toda a polêmica em torno do passado político de Coco Chanel, acusada de ser espiã nazista em uma biografia publicada nesta semana pelo jornalista Hal Vaughan, é inegável a herança deixada por ela ao mundo da moda. Gabrielle Bonheur Chanel, nome de nascença da estilista francesa, nasceu há exatos 128 anos e até hoje influencia na maneira como as pessoas se vestem.

De acordo com Ed Mendes, stylist do clube de compras SuperExclusivo, tudo na moda tem referências dela, mas seu principal legado está no conforto na moda feminina. “Todas as roupas confortáveis que nós vemos hoje surgiram por influência dela”, afirma. Os chapéus foram os produtos que vendeu em sua primeira loja, aberta com a ajuda do milionário inglês e affair Arthur Capel, por volta de 1910. Depois, vieram o tailleur, a calça comprida, o perfume, o pretinho básico e até o corte de cabelo na altura dos ombros.

Com o tempo, as peças foram sendo reinventadas, com novos tecidos, aplicações e tecnologias, mas sempre se mantendo clássicas e atuais. “A Chanel é um mito. Ela sempre se reinventa fazendo uma releitura dos anos 30 e 40, é referência de moda, sinônimo de elegância”, afirma Ed Mendes. Confira ao lado algumas criações de Coco Chanel que se perpetuaram nas passarelas e no guarda-roupa das mulheres no mundo todo.