São Paulo – Em 2011, o vinho espanhol vendido a 3,59 libras chamado Toro Loco ganhou fama internacional ao conquistar uma medalha de prata no teste cego na tradicional International Wine & Spirits Competition. Agora, em 2014, a safra de 2013 da bebida repetiu o feito e se consagrou como um dos melhores e mais baratos vinhos do planeta. 

A premiação aconteceu no dia 23 de julho e agraciou o tinto Toro Loco Tempranillo 2013. O mérito da vinícola foi unir qualidade e preço, já que seu rótulo ficou à frente de garrafas com preço até 10 vezes maior.

O produto é feito com uvas tempranillo da região de Utiel-Requena, na Espanha, e tem teor alcoólico de 12,5%. O paladar é fresco, com aromas de frutas vermelhas frescas e a coloração é rubi com reflexos violáceos. A harmonização pode ser feita com panquecas de carne, espetinho de carne e legumes, cozido, pernil assado com batadas, penne à carbonara, pizzas, bruschettas e queijos suaves.

Quem não teve oportunidade de comprar uma das milhares de garrafas trazidas para o Brasil, da safra de 2011, agora poderá experimentar a bebida. O Toro Loco está à venda, a partir de agora, no site da importadora Wine, por 25 reais. 

Tópicos: Bebidas alcoólicas, Setores, Gastronomia, Comida e bebida, Vinho