Rio de Janeiro - Em entrevista ao jornal O Dia, Romário avaliou que a seleção brasileira pode ser eliminada já na primeira fase da Copa do Mundo de 2014, que será disputada no país.

Maior estrela da equipe tetracampeã do mundo em 1994, o atual deputado federal usou uma palavra de baixo calão - censurada pelo jornal - para qualificar o nível do time comandado por Mano Menezes.

O ex-jogador também criticou a reforma do Maracanã, palco da final do Mundial de 1950 e que repetirá a dose em 2014.

Para Romário, o orçamento da reforma, que ronda R$ 1 bilhão, é excessivo e a obra só contribuiu para 'desfigurar' o estádio que já foi o maior do mundo.

"Vai ficar bonito? Vai ficar maravilhoso, lindo, só que não vai ser mais o Maracanã", disse Romário, para quem teria sido preferível promover uma remodelação mais comedida a fim de manter a estrutura do estádio.

Tópicos: Dados de Brasil, América Latina, Copa do Mundo, Futebol, Esportes, Romário, Políticos brasileiros, Políticos, Política no Brasil, Setores, Setor de esportes