Aguarde...

Premiação | 27/02/2012 02:11

“O Artista” vence o Oscar de melhor filme em 2012

Filme mudo e em preto e branco também levou mais quatro estatuetas. "Real in Rio", música que representou o Brasil no Oscar, perdeu para "Man or Muppet", de "Os Muppets"

Divulgação

Filme "O Artista"

"O Artista" levou cinco estatuetas no Oscar 2012

São Paulo – A cerimônia mais importante do cinema mundial nomeou “O Artista” como o melhor filme lançado em 2011, também premiado na última edição do Globo de Ouro. O longa ganhou, ao todo, cinco Oscars, incluindo de melhor ator (Jean Dujardin), diretor (Michel Hazanavicius), trilha sonora original (Ludovic Bource) e figurino. Na hora da premiação, o cachorrinho Uggie, que "atua" no filme, subiu ao palco junto com a equipe de direção.

“A Invenção de Hugo Cabret”, dirigido por Martin Scorsese e indicado em 11 categorias, também faturou cinco prêmios, levando o Oscar de direção de arte, fotografia, edição de som, efeitos visuais e mixagem de som.

A solenidade, que ocorreu no Kodak Theatre, em Los Angeles, foi comandada pelo comediante Billy Crystal e contou a presença dos principais artistas de Hollywood, além de uma apresentação do Cirque Du Soleil. O clima geral foi de homenagem ao cinema, com vídeos e discursos que transpiravam saudosismo.

Na categoria de melhor atriz, Meryl Streep, de “A Dama de Ferro”, foi quem levou a melhor. Ela já foi indicada 17 vezes em sua carreira e este é seu terceiro Oscar. O longa “Meia-Noite em Paris” venceu o prêmio de melhor roteiro original, enquanto "Os Descendentes" levou a estatueta de melhor roteiro adaptado.

A esperança brasileira no Oscar “Real in Rio”, música do filme “Rio”, perdeu na categoria de melhor canção original para "Man or Muppet", de "Os Muppets". Confira a seguir a lista dos indicados e dos vencedores do maior prêmio do cinema.

Melhor Filme: "O Artista"
“A Árvore da Vida”
“Os Descendentes”
“Histórias Cruzadas”
“A Invenção de Hugo Cabret”
“O Homem Que Mudou o Jogo”
“Cavalo de Guerra”
“O Artista”
“Meia-Noite em Paris”
“Tão Forte e Tão Perto”

Melhor Atriz: Meryl Streep - “A Dama de Ferro”
Glenn Close - “Albert Nobbs”
Viola Davis - “Histórias Cruzadas”
Rooney Mara - “Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres”
Meryl Streep - “A Dama de Ferro”
Michelle Williams - “Sete Dias com Marilyn”

Melhor Ator: Jean Dujardin - “O Artista”
Demián Bichir - “A Better Life”
George Clooney - “Os Descendentes”
Jean Dujardin - “O Artista”
Gary Oldman - “O Espião Que Sabia Demais”
Brad Pitt - “O Homem Que Mudou o Jogo”

 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados