Londres - A eclética paisagem de Londres já conta com um prédio apelidado de pepino e outro conhecido como ralador, e agora poderá ganhar um arranha-céu que se parece com um "porta-torradas".

O empreendimento, que também está sendo comparado com uma fileira gigante de livros numa estante, teria 10 "fatias verticais", de 7 a 34 andares, no distrito financeiro de Londres, a City.

A área do edifício está situada na Leadenhall Street, no coração do setor de seguros. O prédio terá 170 metros de altura --10 metros a menos do que o vizinho Gherkin (pepino de picles)-- e sua construção custará 391 milhões de libras (623 milhões de dólares).

A incorporadora Henderson Global Investors informou que o prédio terá 82.683 metros quadrados de escritórios e 1.858 metros quadrados de lojas. A obra deve começar em 2015, desde que seja negociado antecipadamente 30 por cento do empreendimento, e a previsão é terminar em 2019.

A Henderson comprou a área, conhecida como Leadenhall Triangle, do governo em 2011 por mais de 175 milhões de libras. O valor do empreendimento depois de concluído poderia ficar entre 800 milhões e 1 bilhão de libras, segundo especialistas do mercado imobiliário.

Tópicos: Arquitetura, Cidades, Europa, Reino Unido, Londres, Metrópoles globais