Rio - Depois do carnaval, uma comitiva do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) fará a última vistoria na Vila Olímpica de Londres antes da Olimpíada - a visita está marcada para sexta-feira que vem. Mesmo porque, o local ficará fechado durante os próximos meses para a instalação de equipamentos e será reaberto apenas em 16 de julho, quando começará a receber as delegações dos 205 países participantes.

"Estamos realizando visitas periódicas à sede dos Jogos para que não haja nenhum problema quando nossos atletas começarem a desembarcar em Londres. A logística de uma missão como esta é muito complexa e temos que ter conhecimento de todos os detalhes. Depois desta viagem, só voltaremos para a Vila Olímpica como residentes", disse Bernard Rajzman, que será o chefe da delegação nos Jogos Olímpicos.

Antes da vistoria na Vila Olímpica, a comitiva do COB irá visitar na quinta-feira o Crystal Palace, instalação em Londres que servirá como centro de treinamento para a delegação brasileira, e a cidade de Weymouth, sede das competições de vela na Olimpíada. Além disso, terá reunião com integrantes do Comitê Organizador dos Jogos, para tratar de temas como as chegadas e partidas das delegações.

Tópicos: Infraestrutura, Europa, Reino Unido, Londres, Metrópoles globais, Olimpíadas, Esportes