Los Angeles - O cantor Chris Brown está voltando à reabilitação para "ter foco e compreensão sobre o seu comportamento passado e recente", disseram representantes do artista na terça-feira, depois de Brown ser detido e acusado de lesão corporal no fim de semana.

O cantor de 24 anos declarou-se inocente na segunda-feira com relação ao incidente. O boletim de ocorrência policial diz que ele e seu guarda-costas socaram o rosto de um homem em frente a um hotel de Washington, onde Brown havia se apresentado numa casa noturna.

"Chris Brown optou por entrar em uma instalação de reabilitação", buscando "seguir sua vida e sua carreira de um ponto de vista mais saudável", segundo nota dos representantes do cantor.

Brown deve voltar ao tribunal em 20 de novembro, e pode ser condenado a seis meses de prisão e multa de mil dólares. Ele já enfrentou vários problemas judiciais, e está sob liberdade condicional desde 2009, quando agrediu sua então namorada, a cantora Rihanna.

O benefício da condicional foi suspenso em meados deste ano, depois de Brown se envolver em um acidente de trânsito e fugir. Mas ele recuperou a liberdade ao se comprometer em prestar mais mil horas de serviço comunitário.

Tópicos: Crime, Setores, Serviços, Entretenimento, Música pop, Indústria da música, Música