Nova York - Com 88 anos de fundação, a marca britânica Belstaff fez sua estreia na segunda-feira na Semana de Moda de Nova York com uma coleção feminina baseada no romance dos baús de viagem.

Inspirada nos velhos tempos no ator Steve McQueen e no guerrilheiro argentino-cubano Che Guevara com muito couro e roupas de motoqueiro, Belstaff desfruta de um revival graças a Martin Cooper, diretor criativo da marca desde o ano passado.

"A coleção é baseada no romantismo da viagem," disse Cooper em entrevista à AFP, lembrando como o ateliê da marca começou a colecionar antigas malas de viagem que eram depois desmontadas e utilizados seu couro.

"Nós estamos reposicionando a Belstaff para que seja uma marca de luxo", acrescentou o diretor, que trabalhou anteriomente na Burberry por 16 anos, "e hoje é realmente nossa primeira introdução oficial ao estilo de vida luxuoso."

Pela passarela da Belstaff passaram vestidos de seda fluidos, chemisiers leves como o ar e jaquetas três quartos em discretos e elegantes tons de branco e café. Os cabelos vieram lisos e naturais, combinando com maquiagem nude e sandálias de tiras, grande tendência da temporada de moda em Nova York.

Graças à rica história da marca -a famosa aviadora Amelia Earhart usava Belstaff nos anos 1930- assim como Leonardo DiCaprio e Brad Pitt em filmes de época como "O Aviador" e "O Estranho Caso de Benjamin Button", o couro era onipresente.

Aparece não só em detalhes, mas em conjuntos inteiros de saia e a conhecida jaqueta de quatro bolsos e cinto da marca, a Trailmaster.

O couro marca presença em vários desfiles da Semana de Moda de Nova York, que termina na quinta-feira, o que segundo Cooper não deveria ser estranho em uma coleção de primavera-verão.

"Sua textura é "fina como papel e é perfurada, assim é como uma malha", diz o diretor criativo. "O ar o atravessa. É muito, muito bonito e super leve".

Fundada em 1924 em Staffordshire, no norte da Inglaterra e favorecida pela aristocracia, a Belstaff foi comprada em 2011 pelo grupo suíço Labelux, cujas marcas incluem o mago dos sapatos Jimmy Choo, Derek Lam, Bally e Zagliani.

O desfile desta segunda-feira coincidiu com a abertura da primeira loja da Belstaff em Nova York, na Madison Avenue, a primeira de uma leva que vai incluir lojas em Milão, Munique e, mais tarde, uma enorme "flagship", loja conceito da marca, em Londres.

O chefe executivo da Belstaff, Harry Slatkin, estava visivelmente feliz com a coleção, enquanto o estilista americano Tommy Hilfiger, membro da diretoria da marca, assistiu ao desfile como convidado na primeira fila.

"Nós temos uma equipe excelente", disse Slatkin. "Temos trabalhado duro para relançar a marca, e há mais por vir."

Tópicos: Fashion Week, Setores, Moda, Nova York, Metrópoles globais