São Paulo – Você parece ter a idade que tem? Dependendo de seus hábitos e comportamentos, sua pele pode denunciar uma idade mais avançada do que a real. De acordo com a médica e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Roseli Andrade, o excesso de exposição ao sol, o hábito de fumar, pouca ingestão de água, má alimentação e dormir pouco são os piores vilões no processo de envelhecimento.

“Esses fatores aumentam a oxidação celular e consequentemente levam à maior degradação de colágeno, desidratação e formação de rugas”, afirma. A maneira mais simples para evitar que os anos passem mais rápido do que deveriam é usar filtro solar todos os dias, passar cremes adequados para cada tipo de pele, adotar uma dieta balanceada (com mais frutas, legumes e verduras, e menos gordura) e ingerir de dois a três litros de água por dia.

Os chamados antioxidantes orais são um aliado poderoso, segundo a médica. Alguns deles são o selênio, presente na castanha-do-Pará, o licopeno existente no tomate, na melancia e na goiaba, a vitamina C, das frutas cítricas, a E, dos óleos vegetais, e a A, do fígado, leite e da cenoura, além dos suplementos com coenzima Q10 e os flavonoides dos chás verde, branco e vermelho. “Eles têm potente ação combatendo a oxidação celular e, portanto, preservam células produtoras de colágeno”, diz Roseli.

Revertendo o quadro

Se a pele já parece mais velha do que é, além de melhorar os hábitos, há também opções de tratamento da pele, que vão desde o uso de cremes ativos que hidratam, definem o contorno do rosto e estimulam a produção do colágeno, até o tratamento de luz pulsada, que trata de manchas e vasos, além de estimular o colágeno.

Segundo a médica, outros tratamentos eficazes para melhorar a firmeza e retomar a elasticidade da pele são a radiofrequência, que aquece a pele para “levantar” o rosto, as injeções de ácido poli-L-lático, com o uso de micro-injeções, o laser de CO2 fracionado, voltado para rugas, cicatrizes de acne e clareamento, e os ácidos usados em peelings.

Tópicos: Alimentação, Saúde