São Paulo – O chef brasileiro Alex Atala será uma das estrelas da segunda temporada de Chef’s Table. A série, produzida pelo Netflix, dedica cada um de seus episódios à história de um cozinheiro famoso.

Atala já está na Amazônia junto à equipe da série para gravar as cenas da produção. As primeiras filmagens do episódio no qual o chef participa foram feitas no Vale do Paraíba e em São Paulo, no final de 2015.

Segundo uma entrevista feita com o brasileiro pelo site especializado em gastronomia Eater, ele não sabe quanto tempo as filmagens irão durar. “Nós podemos ficar na Amazônia por uma semana ou 10 dias, dependendo das condições climáticas. No verão brasileiro, temos muitas tempestades, então a logística é sempre difícil”, disse Atala.

Ainda não se sabe muito o que será apresentado no episódio, porém o chef confirmou que irá mostrar ingredientes amazônicos que está utilizando em seu restaurante. Além disso, ele irá apresentar as comunidades do Alto do Rio Negro, no noroeste da Amazônia, que fazem parte da cadeia de alimentos da região. “Eu não posso dizer muito. Você vai ter que esperar e ver”, brinca.

Atala é o único brasileiro com duas estrelas (de três possíveis) do Guia Michelin e foi considerado uma das 100 pessoas mais influentes de 2013 pela revista TIME. O chef também é conhecido pelo uso de ingredientes nacionais em seu restaurante, o D.O.M.

Em fevereiro, o brasileiro irá abrir outro restaurante em São Paulo, mais precisamente na Vila Madalena. Chamado de Açougue Central, o local será especializado em pratos com carnes, assim como sugere o nome.

De acordo com o chef, partes do boi como a língua e o tutano já ganharam seu espaço na cena de alimentos. “Agora, eu quero mostrar que há muito mais em um animal que podemos cozinhar e comer. Isto representa um respeito pela morte de um animal”, explica.

Ainda não há previsão de estreia da segunda temporada de Chef’s Table no Netflix.

Tópicos: Alex Atala, Chefs, Gastronomia, Alimentação, Trigo, Comida e bebida, Netflix, Empresas, Restaurantes