Aguarde...

Belfast | 31/03/2012 12:29

Abre museu sobre o Titanic, no ano do centenário do naufrágio

Novo museu dedicado ao navio não tem objetos de época; tudo é novo, recriado como os originais

Peter Macdiarmid/Getty Images

Fachada do Titanic Belfast

Personalidades políticas da Irlanda do Norte e uma testemunha do lançamento do navio em 1911, estavam presentes na abertura do centro

Um gigantesco museu consagrado ao Titanic abriu suas portas em Belfast neste sábado, a poucos dias do centenário do naufrágio deste navio, construído na província britânica da Irlanda do Norte.

Os estaleiros de Belfast trabalharam durante três anos na construção do barco, o maior do mundo na época, e dez meses em seu design interior.

Várias personalidades políticas da Irlanda do Norte, assim como uma testemunha do lançamento do navio em 1911, estavam presentes na abertura do centro.

"Meu pai e minha mãe me levaram ao estaleiro naval de Workman and Clark para ver seu lançamento", contou Cyril Quigley, que hoje tem 105 anos.

"Vi essa coisa enorme deslizar em direção à água. Tinha apenas quatro anos e meio", acrescentou esta contadora aposentada.

O Titanic naufragou em sua viagem inaugural de Southhampton (Grã-Bretanha) a Nova York, depois de ter se chocado com um iceberg na madrugada de 15 de abril de 1912. O naufrágio deixou mais de 1.500 mortos dos 2.200 passageiros.

O novo museu dedicado ao navio não tem objetos de época. Tudo é novo, recriado como os originais, do mobiliário às louças, e os efeitos especiais e experiências em terceira dimensão levam o visitante à lenda.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados