Aguarde...

Morte | 28/03/2012 12:40

15 frases marcantes do escritor Millôr Fernandes

Escritor pode ser considerado como um dos principais “frasistas” do Brasil. Confira algumas frases ditas por ele

Daniela Dacorso / Bravo

Millôr Fernandes

Millôr Fernandes morreu na noite de ontem, em sua casa, no Rio de Janeiro

São Paulo – Considerado um dos maiores frasistas brasileiros, o desenhista, humorista, dramaturgo, escritor e tradutor Millôr Fernandes morreu ontem, no Rio de Janeiro, por falência de múltiplos órgãos e parada cardíaca.

Um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, no final dos anos 60, e colaborador de grandes publicações, como as revistas “O Cruzeiro”, “Jornal do Brasil” e “Veja”, Millôr escreveu peças de teatro, textos de humor e poesia. Ele também foi um dos principais tradutores brasileiros, trazendo do inglês e do francês obras de Sófocles, Shakespeare, Molière e Brecht.

Outra faceta que marcou sua personalidade e carreira foi o talento para fazer frases. Pensamentos sobre a vida, relacionamentos, sociedade, política e outros assuntos ficaram registrados ao longo do tempo. Confira a seguir algumas das frases cunhadas por ele:

1 “Se durar muito tempo, a popularidade acaba tornando a pessoa impopular”

2 “Fiquem tranquilos os poderosos que têm medo de nós: nenhum humorista atira pra matar”

3 “O aumento da canalhice é o resultado da má distribuição de renda”

4 “A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades”

5 “Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem”

6 “Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim”

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados