Naná Vasconcelos faz show com jovens de projeto social

''Trabalhar com as crianças me agradou muito, pois temos bastante o que aprender com eles, que são o futuro'', disse

São Paulo – O percussionista Naná Vasconcelos, vencedor no ano passado do Grammy Latino, participará nesta sexta-feira de um show com integrantes do Projeto Guri, um dos maiores programas sociais voltado para jovens do país.

”Trabalhar com as crianças me agradou muito, pois temos bastante o que aprender com eles, que são o futuro”, disse Naná à Agência Efe durante o último ensaio antes da realização do espetáculo ”Calungá: o mar que separa é o mar que une”, que recupera as raízes afro-brasileiras e será apresentado no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo.

Para Naná Vasconcelos, ”o continente africano é a coluna vertebral do mundo e o berço da expressão cultural que temos hoje”. O vencedor no ano passado do Grammy Latino de Melhor Álbum de Raízes Brasileiras expressou seu desejo de divulgar este tipo de projetos em países vizinhos ”que também são muito ricos em sua música e cultura”.

O espetáculo ”Calungá”, palavra de origem africana que quer dizer ”travessia pelo mar”, aborda o universo afro-brasileiro e evoca o percurso dos escravos negros para chegar ao Brasil.

”O mesmo mar que os separou de seu continente, uniu os povos e acrescentou influências, deixando como herança a contribuição para a formação da identidade cultural brasileira”, destacou a organização do espetáculo em comunicado.

O músico de 67 anos preparou e comandou o espetáculo musical ao lado de 38 jovens que fazem parte do projeto promovido há 16 anos pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo com jovens da rede pública de ensino.


Naná, que morou por vários anos em Nova York e Paris, onde integrou grupos de destaque de jazz, visitou durante a semana várias unidades do projeto, que também é aplicado em reformatórios para menores infratores.

Além do show desta sexta, serão realizadas apresentações, sempre com entrada gratuita, durante todo o mês nas cidades de São Paulo, Santos, São José dos Campos e Sorocaba.

O Projeto Guri, reconhecido por diversos organismos internacionais, aborda variados gêneros da música brasileira e mundial e na atualidade reúne a 55 mil jovens de 421 colégios em 333 cidades de São Paulo.

A diretora do projeto, Alessandra Costa, disse à Efe que a iniciativa, ”além de incentivar a vocação musical dos jovens, é um programa de formação dos jovens como pessoas, para que possam contribuir melhor com a sociedade”.

No entanto, Alessandra contou que vários dos jovens que passaram pelo projeto decidiram seguir carreira musical e alguns ganharam bolsas de estudos em instituições superiores da Europa, como Bulgária e Espanha, e nos Estados Unidos.

O projeto já representou o Brasil em diferentes encontros musicais internacionais, apresentou-se em 2002 na Assembleia Geral da ONU e os jovens atuaram com artistas como o britânico Roger Waters, durante um show em 2007 em São Paulo, e o canadense Neil Young, no festival de música SWU de 2011.

Além de Naná Vasconcelos, músicos como Milton Nascimento e Arnaldo Antunes participam do programa.