Mo Yan: “Ganhar não significa nada”

"Continuarei trabalhando duro, graças a todos", afirmou um arredio Mo, que nas horas seguintes tentou se isolar da imprensa e dos admiradores

Pequim – O escritor chinês Mo Yan, agraciado nesta quinta-feira com o Prêmio Nobel de Literatura, manifestou à imprensa oficial sua alegria pelo prêmio, mas disse que “ganhar não significa nada” e que seguirá “concentrado na criação de novas obras”.

“Continuarei trabalhando duro, graças a todos”, afirmou um arredio Mo, que nas horas seguintes tentou se isolar da imprensa e dos admiradores, em uma breve entrevista à agência oficial “China News” de sua casa na vila de Gaomi, da província oriental de Shandong.

Sobre a importância do prêmio para a literatura chinesa, Mo afirmou que “a China tem muitos autores excelentes, cujos trabalhos de destaque também poderão ser reconhecidos no mundo”.