Maradona se indigna com punição a Luis Suárez

O ex-jogador Diego Maradona mostrou apoio a Luis Suárez e criticou duramente a Fifa pela sanção imposta ao jogador uruguaio

Rio de Janeiro – O ex-jogador Diego Maradona mostrou nesta sexta-feira em seu programa sobre a Copa do Mundo uma camiseta com uma frase de apoio a Luis Suárez e ao comentar a sanção imposta pela Fifa ao jogador uruguaio perguntou com ironia: “Quem ele matou?” e completou se não seria conveniente que o “confinassem na base naval de Guantánamo, em Cuba”.

“Isto é futebol, isto é atrito”, declarou o astro argentino após dizer aos diretores da Fifa:

“Quem vocês acham que são?”, enquanto deixava que as câmaras focassem em seu peito a frase: “Luisito estamos com você”.

O ex-astro argentino Diego Maradona criticou duramente a Fifa pela sanção imposta a Luis Suárez, que deixou o atacante uruguaio fora da Copa do Brasil e o afastará do futebol durante pelo menos quatro meses.

Durante seu programa de televisão, transmitido diariamente do Rio de Janeiro pela emissora venezuelana “Telesur”, Maradona qualificou como “uma sanção injusta, uma coisa de máfia incrível”, a sanção de nove partidos oficiais com a seleção uruguaia e quatro meses de toda atividade relacionada ao futebol imposta ao astro do Liverpool.