Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,67 0,13%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

Malhando para curar a gripe

Em mais uma reversão de crendices, os especialistas do American College of Sports Medicine dizem que a prática de esportes moderada pode ajudar em caso de gripe

Na maioria das vezes a gripe é uma boa desculpa para interromper a malhação. Se você costuma se jogar na cama sem culpa quando pega gripe, saiba que os exercícios físicos, se realizados de forma moderada, podem ajudar a reduzir os sintomas dos resfriados e auxiliar na recuperação da gripe.

Quem garante são os especialistas que participaram de um estudo divulgado pelo American College of Sports Medicine. A pesquisa demonstrou que a prática de esportes é capaz de eliminar em até dois dias os sintomas de um resfriado, já que estimula as células do sistema imunológico que combatem a infecção.

Mas como evitar a transmissão de vírus em outros frequentadores da academia? Tendo os mesmos cuidados que você precisa ter em casa, na condução ou no ambiente de trabalho. Basta levar sempre as mãos à boca antes de tossir ou espirrar e evitar assoar o nariz próximo a outras pessoas. E como recomendam os médicos quando estamos gripados, é importante ingerir liquidos para hidratar o organismo e manter a temperatura corporal. Principalmente durante a realização dos exercícios.

A atividade física só não é recomendada se a pessoa que estiver gripada apresentar febre alta, fraqueza e dores no peito. E se não estiver se tratando de forma correta. Neste caso a gripe pode até progredir para uma doença mais grave, como pneumonia, infecção nos ouvidos, sinusite, amigdalite, entre outras. Quando houver febre e sensação de fraqueza o melhor mesmo é recorrer ao médico e a antiga recomendação de muita vitamina C e cama.