Judô é terceiro esporte com mais representação em Olimpíadas

A Europa, que conta com 42 países participantes, é o continente com mais nacionalidades representadas, seguido da África (30), Ásia e América (26) e Oceania (11)

Londres – Com 387 concorrentes de 135 países diferentes, o judô será o terceiro esporte com mais nacionalidades representadas nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, sendo superado apenas pela natação e pelo atletismo.

“Quando começou a fase de classificação, houve muita controvérsia sobre o sistema utilizado. Agora, no entanto, com 387 atletas de 135 países dos cinco continentes, somos o terceiro esporte olímpico mais universal de Londres 2012”, disse o presidente da Federação Internacional de Judô (IFJ), Marius Vizer.

A Europa, que conta com 42 países participantes, é o continente com mais nacionalidades representadas, seguido da África (30), Ásia e América (26) e Oceania (11).

Em número de concorrentes, a Europa também lidera a classificação com 182 judocas, seguido pelos asiáticos (83), americanos (65), africanos (41) e os da Oceania, que são só 16.

A maioria dos países, 116, conseguiu uma das vagas através do sistema direto de classificação, enquanto outros 17 são atletas convidados pela IFJ. Apenas a saudita Wojdan Shaherkani recebeu convite especial do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Shaherkani, uma das duas atletas da Arábia Saudita em Londres 2012, pode se transformar na primeira esportista de seu país a estrear em uma competição olímpica.

No entanto, o presidente da IFJ disse que a atleta não poderá fazer uso do hijab, vestimenta tradicional que cobre a cabeça, o que coloca em risco sua participação nos Jogos.

O porta-voz da Federação, Nicolas Messner, disse que a IFJ e o COI estão mantendo conversas com as autoridades sauditas, embora tenha reiterado que as “normas são as mesmas para os 387 atletas”.