Inspiração de J.K. Rowling, livraria Lello completa 111 anos

A histórica loja, inaugurada em 1906, foi escolhida em 2008 como a terceira livraria mais bonita do mundo pelo jornal "The Guardian"

Lisboa – A famosa livraria portuguesa Lello, localizada no Porto e que inspirou à escritora britânica J.K. Rowling quando ela começava a dar forma a Harry Potter, completa 111 anos nesta sexta-feira e está comemorando com acesso gratuito e presentes em forma de livro.

A Lello, que anualmente recebe milhares de visitantes atraídos tanto por sua bela arquitetura quanto por suas semelhanças ao mundo do mago, presenteou os 111 primeiros clientes com exemplares do livro infantil “A livraria mais bonita do mundo”, que fala sobre o próprio estabelecimento.

A histórica loja, inaugurada em 1906, foi escolhida em 2008 como a terceira livraria mais bonita do mundo pelo jornal “The Guardian”, enquanto a emissora “CNN” considerou em 2014 que o local merecia ocupar o primeiro lugar.

Apesar da centenária tradição, que a transformou em ponto turístico, foi a saga de Harry Potter que deu o empurrão definitivo para que a livraria seja diariamente visitada por dezenas de turistas que, além de consumir literatura, entram para fotografar um lugar de destaque nas histórias de J.K. Rowling, que morou no Porto no começo dos anos 90 e usou a livraria para criar “Floreios e Borrões”, lugar onde os pequenos magos compravam os livros escolares para Hogwarts.

Foi justamente por este interesse internacional que a Lello passou a cobrar a entrada, que hoje foi liberada para as comemorações, que contaram com a presença da rapper portuguesa Capicua.

Além disso, a livraria inaugura hoje as primeiras vitrines temáticas do ano. Feitas pela marca Storytailors, elas incluem vestidos inspirados em azulejos e porcelana portuguesa e poderão ser vistas até 28 de fevereiro.

Reconhece esta fachada? É entrada para uma das mais belas livrarias do mundo. #livrarialello #lello #bookstore #livraria

A post shared by Livraria Lello (@livrarialello) on