Futebol é o esporte olímpico com maior número de lesões

Os esportes que registraram menor incidência de lesões foram canoagem, remo, nado sincronizado, saltos, esgrima, natação e vela

Londres – Futebol, taekwondo, hóquei sobre grama, handebol, halterofilismo e boxe são os esportes olímpicos que mais registram lesões, segundo estudo realizado durante os Jogos de Pequim (2008) quando mais do 10% dos esportistas sofreram algum tipo de contratempo físico.

Fisioterapeutas e membros de equipes médicas de 92 países que estiveram em Pequim participaram do estudo. Todos os especialistas informaram sobre as lesões nas diferentes sedes olímpicas e na clínica da Vila Olímpica.

Os esportes que registraram menor incidência de lesões foram canoagem, remo, nado sincronizado, saltos, esgrima, natação e vela.

O futebol foi o esporte com mais registro de lesões, afetando mais de um terço dos participantes. Já na vela, que contou com mais de 400 atletas, apenas três casos foram registrados.

No total, foram 1.055 lesões. Os dois tipos de problemas físicos que tiveram maior incidência foram entorses no tornozelo e contraturas musculares.

O estudo também indica que a maioria das lesões (72,5%) ocorreu durante as competições.