Filha de Chris Cornell faz homenagem ao pai e Chester Bennington

A menina de apenas 12 anos dividiu o palco com Ryan Tedder, da banda OneRepublic, em uma bela homenagem aos artistas

São Paulo – Menos de três meses após o falecimento do pai, Chris Cornell, e apenas duas semanas depois da morte de um de seus melhores amigos, Chester Bennington, a jovem Toni Cornell emocionou uma multidão nesta sexta-feira (4) no Central Park, em Nova York, ao cantar a música “Hallelujah”, do compositor canadense Leonard Cohen.

Em participação no programa de televisão Good Morning America, a menina de apenas 12 anos dividiu o palco com Ryan Tedder, da banda OneRepublic, em uma bela homenagem aos ex-vocalistas do Soundgarden e do Linkin Park – a banda de Bennington é quem faria a apresentação, mas a cancelou após a morte de seu vocalista.

A escolha da música não foi por acaso. Além de ser considerada por Tedder “uma das mais belas canções escritas nos últimos 50 anos”, ela foi interpretada por Chester Bennington no funeral de Chris Cornell. Segundo Toni, cantar a música em memória do pai e do amigo foi uma “honra”.

Além de participarem de shows e turnês juntos, Cornell e Bennington eram amigos próximos. O vocalista do Linkin Park morreu no dia 20 de julho, no mesmo dia em que Cornell faria 53 anos.

Confira, a seguir, o tributo à dupla: