Felipão faz mistério e não confirma mudanças na seleção

O técnico desconversou ao ser questionado nesta sexta-feira sobre a escalação da seleção brasileira para o duelo com o Chile

Belo Horizonte – O técnico Luiz Felipe Scolari preferiu apostar no mistério e desconversou ao ser questionado nesta sexta-feira sobre a escalação da seleção brasileira para o duelo com o Chile, no Mineirão, em Belo Horizonte, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Assim, a confirmação sobre a possível entrada de Fernandinho no meio-campo e uma mudança na lateral direita da equipe vai ficar para os instantes que antecedem o início do duelo.

“Não sei o que time vai jogar, porque sempre tem um problema acontecendo. Não posso definir porque pode acabar tendo um probleminha em um treino e aí você precisa redefinir”, disse o treinador, que testou alterações no coletivo da última quinta-feira, na Granja Comary, em Teresópolis.

Na atividade, Felipão escalou Fernandinho no meio-campo, na vaga que vinha sendo ocupada por Paulinho. Essa mudança é praticamente certa para o duelo com o Chile, porque o volante do Manchester City entrou no intervalo da vitória por 4 a 1 sobre Camarões na última segunda-feira, marcou um dos gols e foi um dos destaques do confronto.

Na segunda parte do coletivo, Maicon treinou no lugar de Daniel Alves. Felipão, porém, não revelou quem será o lateral-direito titular do Brasil diante do Chile.

“Já decidi, vai jogar um ali, vou entrar com 11 jogadores. Já estou decidido, o time está montado, quando chegar a hora, eu passo o time, não vou antecipar, e faço isso por causa do treino. Tenho 23 jogadores, amanhã eu escolho 11”, completou.

No coletivo, Felipão também chegou a testar o volante Ramires na vaga do atacante Hulk, mas essa troca só deverá ser feita durante o confronto com o Chile. Já o zagueiro David Luiz deixou a atividade com uma contratura na região dorsal, sendo substituído por Dante, mas inicialmente não preocupa para o duelo.

Com esse mistério do treinador, a seleção deve encarar o Chile em duelo que vale uma vaga nas quartas de final da Copa com a seguinte escalação: Julio Cesar; Daniel Alves (Maicon), David Luiz, Thiago Silva e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.