Felipão esconde as cartas antes de duelo com a Alemanha

O técnico da seleção evitou dar dicas de quem será o substituto do atacante Neymar na partida no Mineirão

Teresópolis – O técnico Luiz Felipe Scolari evitou neste domingo, durante o penúltimo treino antes do jogo contra a Alemanha, pelas semifinais da Copa do Mundo, dar dicas de quem será o substituto do atacante Neymar na partida no Mineirão, em Belo Horizonte.

Willian, Bernard e Ramires, os três principais candidatos a ocupar o lugar do jovem craque, que deixou a concentração no sábado após sofrer uma fratura de vértebra contra a Colômbia, treinaram junto ao grupo de jogadores que foi reserva na última sexta, no Castelão, em Fortaleza.

Os reservas realizaram um jogo-treino de dois tempos de 30 minutos cada contra o sub-20 do Fluminense e venceram por 3 a 0, com gols de Bernard, Dante e Ramires.

Scolari alimentou as dúvidas sobre qual será sua aposta contra a Alemanha ao fazer com que participassem da entrevista coletiva diária Bernard e Willian, os dois favoritos à titularidade na próxima terça.

Os dois jogadores se disseram preparados para assumir o desafio de substituir o astro do Barcelona, embora, politicamente corretos, tenham dito que se conformam com qualquer decisão que seja tomada por Felipão.

Enquanto o treinador supervisionava o treino dos reservas, os titulares fizeram trabalharam de maneira relaxada em um dos campos anexos da Granja Comary, em Teresópolis.

O ambiente foi descontraído, com brincadeiras, mesmo com a ausência de um dos mais animados do grupo de 23 atletas, que foi levado ontem através de um helicóptero-ambulância para o Guarujá, no litoral de São Paulo, onde dará sequência ao tratamento.

Scolari comandará amanhã um último treino na Granja, e a expectativa é que o mistério sobre os 11 titulares para o jogo contra Alemanha seja desfeito, ou que ao menos haja pistas para isso.

Além de Neymar, outro que terá que ser substituído é o zagueiro Thiago Silva, capitão do time, suspenso.

Os candidatos são Dante, favorito, e Henrique, quecorre por fora.

Amanhã à tarde, Scolari e Thiago Silva viajarão de helicóptero para Belo Horizonte, para chegar a tempo da entrevista coletiva obrigatória prevista para as 17h30 (de Brasília) no Mineirão.

O restante da delegação se deslocará até o Rio de Janeiro, a quase 100 quilômetros de Teresópolis, e da capital fluminense viajará de avião para Belo Horizonte.