Dono de Mini Cooper coloca água com detergente dentro do motor

Mistura transformou fluido lubrificante em gosma que cobriu todo o bloco do compacto

Cuidar da lubrificação do motor de seu carro é essencial para garantir uma longa vida útil de todo o conjunto mecânico.

Isso inclui verificação do nível dos fluidos, trocas periódicas e não colocar água para o lavador do para-brisas no lugar do óleo.

E não adianta pensar que isso “é óbvio”, pois fotos divulgadas em uma página de entusiastas da BMW na França indicam que ao menos uma pessoa não atentou a este pequeno detalhe.

Talvez por isso vão proibir carros a combustão rodando por lá…

Junto das imagens há o relato, possivelmente do mecânico, de um Mini Cooper cujo proprietário colocou um grande volume de fluido do lavador no quatro-cilindros do compacto – falam-se de até cinco litros, mas essa quantidade é pouco provável, pois o motor, que já tinha óleo, não comportaria tanto fluido extra.

O carro teria rodado por cerca de dez minutos antes de voltar à loja que vendeu o fluido, após o condutor notar uma quantidade excessiva de fumaça saindo pelo escapamento.

O tempo foi mais do que suficiente para transformar o óleo em uma gosma bicolor que cobriu o cabeçote e o cárter do motor.

O autor dessa obra não explicou como ele foi capaz de cometer tamanho equívoco, mas a eventual proximidade entre os dois bocais não pode ser argumento, pois as tampas de entrada do óleo e fluido do lavador ficam bem distantes nesta geração do Cooper:

Para não errar: o óleo fica na seta vermelha, a água para o lavador do para-brisas, na verde (Divulgação/Mini)

Não há detalhes do prejuízo e se foi possível recuperar a mecânica do Cooper.

Mas pelo menos não precisaremos fazer um vídeo para descobrir o que acontece quando você coloca um fluido no lugar errado do carro…

Este conteúdo foi publicado originalmente no site da Quatro Rodas.