DiCaprio compra direitos de filme sobre fraude da Volkswagen

Leonardo DiCaprio comprou os direitos de um livro ainda não escrito sobre o escândalo de manipulação das emissões de poluentes da Volkswagen

Washington – Leonardo DiCaprio comprou os direitos de um livro ainda não escrito sobre o escândalo de manipulação das emissões de poluentes da Volkswagen para produzir um filme sobre a tentativa de enganar os reguladores.

A produtora Appian Way, propriedade do ator, e a Paramount Pictures adquiriram os direitos do projeto editorial do jornalista Jack Ewing, do “The New York Times”, sobre a filosofia empresarial por trás do escândalo das emissões dos veículos a diesel da fabricante alemã.

No início de setembro, os reguladores americanos revelaram que a Volkswagen tinha utilizado durante anos um software para ocultar nos controles de emissão de gases o nível real de poluição de seus motores a diesel.

A Volkswagen, que se tornou a maior fabricante mundial de automóveis no primeiro semestre, reconheceu que tinha utilizado um sistema durante os últimos sete anos para mostrar emissões menores nos controles em seus principais modelos a diesel.

A empresa pode ser submetida ao pagamento de uma multa de até US$ 18 bilhões (R$ 68,8 bilhões) imposta pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos EUA.

Os direitos do livro sobre o escândalo, que ainda é investigado, foram vendidos no início do mês à editora Norton por milhões de dólares.

DiCaprio já produziu filmes de sucesso, como “O Lobo de Wall Street”, “Aposta Máxima” e “Tudo por Justiça”.

A próxima aparição do americano como ator será no novo filme do diretor mexicano Alejandro González Iñárritu, “O Regresso”, com estreia prevista para 6 de fevereiro de 2016 no Brasil.