Colchão tecnológico é embalado em caixa ultra compacta

Produto é feito com tecnologia de ponta para comprimir o material sem prejudicar o conforto

São Paulo – À primeira vista, ele parece um simples colchão inflável dentro de uma caixa. Mas, ao ser retirado da embalagem, o Guldi, da loja online Mobly, se enche sozinho e se transforma em um colchão aparentemente comum. Fabricado com tenologia da Nasa, o produto é feito de molas ensacadas e espumas látex e viscoelástica.

O design e tamanho surpreendente de sua embalagem foi possível devido ao processo pelo qual passa de compressão a vácuo. Apesar de ser entregue em uma caixa de dimensões improváveis, não há como fazer com que o produto caiba nela após ser retirado. Mesmo assim, a empresa incentiva a reutilização do invólucro e tem planos de criar opções coloridas e decoradas. 

O tecido que o envolve controla a temperatura e a umidade durante o uso e o pillow top pode ser removido para lavagem. Segundo o fabricante, a estrutura e os materiais do Guldi fazem com que ele não seja nem muito mole, nem muito duro, proporcionando conforto e evitando problemas nas costas.

Além de dar 3 anos de garantia, a Mobly dá possibilidade de teste do colchão por 100 dias e, se o cliente não gostar, terá todo seu dinheiro de volta. O valor da peça parte de R$ 1.199,99, em 5 tamanhos (de solteiro a king size).